sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Sicredi participa de Seminário do Cacau em Tucumã


Promover capacitação técnica para fortalecer a cadeia produtiva de cacau, assim como intensificar a cultura de cacau na região. Com esse objetivo, foi realizado o Cacautech no mês de setembro em Tucumã, no Pará. Trata-se de um Seminário Tecnológico da Cacauicultura promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap).

Durante o evento, o espaço Cacautech exibiu modernos equipamentos e implementos usados na produção de chocolates e jardinagem. A programação técnica contou com seminários e cursos de capacitação de produtores. Outro destaque foi a Rodada de Negócios, coordenada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para comercializar amêndoas de cacau.

O evento ajuda a preparar os produtores de Tucumã, importante região cacaueira do Estado, promovendo a capacitação, difusão de tecnologia, geração de negócios e a integração social dos agricultores com os representantes dos diversos segmentos da cadeia produtiva. Na área da produção artesanal de chocolate, as bombonzeiras paraenses também foram capacitadas para melhoria e comercialização de seus produtos.

Durante a programação do Cacautech, ocorreu palestra realizada por equipe da Unidade de Atendimento Tucumã, da Sicredi Carajás PA, ocasião em que foi feita uma apresentação da cooperativa de crédito, assim como foram apresentadas as linhas de crédito oferecidas pelo Sicredi para contribuir com o desenvolvimento do campo e das atividades agropecuárias. Vale ressaltar que o Sicredi é parceiro de uma das principais cooperativas da região, a Coopertuc (Cooperativa Mista Agropecuária de Tucumã).

Cacau no Pará

O Pará este ano alcançará pela primeira vez o topo do ranking de produção de cacau no Brasil. A tomada de dianteira ainda é temporária. Isso porque a Bahia, o maior produtor do País, sofreu com a forte estiagem deste ano e teve uma quebra na safra prevista. Ainda com uma área plantada maior que a do Pará, que é hoje o segundo maior produtor nacional de cacau, estima-se que a Bahia se recupere dos efeitos da seca - o que permitirá que retome a liderança ainda na próxima safra.

Ainda que provisória, a chegada do Pará à liderança da produção cacaueira nacional é um grande termômetro dos avanços significativos colhidos pela lavoura paraense nos últimos cinco anos. Ela expõe um panorama onde, encostando cada vez mais nas lavouras baianas, o Pará deve, em breve, se firmar definitivamente no primeiro lugar da produção cacaueira nacional.

Atualmente, as maiores áreas produtoras de cacau do Estado do Pará, além de Tucumã, são Ulianópolis, São Félix do Xingu, Itaituba, Placas e Novo Progresso, entre outras.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 3,3 milhões de associados e 1.500 pontos de atendimentos, em 20 estados do País*. Referência internacional pela organização em sistema, com padrão operacional e utilização de marca única, o Sicredi conta com 121 Cooperativas de Crédito filiadas, distribuídas em cinco Centrais regionais – acionistas da Sicredi Participações S.A. –, uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo, que controla uma Administradora de Bens, uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios.

Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br

* Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia, Goiás, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia.

Texto: Assessoria de Comunicação Sicredi com informações da Agência Pará.


Atenciosamente,

Giorgie Guido da Luz
Assessor de Comunicação e Programas Sociais
Comunicação, Marketing e Programas Sociais

Nenhum comentário: