sábado, 3 de setembro de 2016

Governos Temer e Alckimim: Repressão na Avenida Paulista








A cidade de São Paulo teve protestos contra o presidente Michel Temer pelo quinto dia consecutivo. Cerca de 400 manifestantes se concentraram perto do Largo da Batata, em Pinheiros. Gritos de "Fora, Temer" e contra a Polícia Militar eram os mais repetidos no local. "Essa é a face mais truculenta do golpe. Estão cerceando nosso direito de manifestação. É a volta da ditadura", disse a estudante Renata Farinari, 23 anos, numa referência às ações da Polícia Militar para conter os manifestantes. Na quarta-feira (31), a estudante Deborah Fabri perdeu a visão de um olho após a PM lançar bomba de efeito moral. Um estilhaço atingiu seus óculos e quebrou a lente, que perfurou o globo ocular (foto no detalhe). A imagem maior, divulgada pelo Mídia Ninja, mostra os manifestantes reunidos em São Paulo na última sexta (Fonte BOL - Imagens e texto)


Nenhum comentário: