segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Eleições 2016: PSC e PMN





 Partidos apresentam seus nomes

A Coligação composta por: PMN e PSC denominada “Mobilizando Marabá”. Ambos partidos não têm tradição de eleger vereador, mas andaram bem próximo, estão unidos pela primeira vez na história política de Marabá para chegar a uma cadeira na Câmara. Estão juntos com a coligação majoritária “Todos por Marabá” com Tião Miranda (PTB) para prefeito.

A coligação lançou trinta e dois (32), sendo dezoito (18) do PMN e catorze (14) do PSC, respeitando os percentuais obrigatórios de mulheres. 

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) no Pará liderado pelo suplente de deputado Zé Francisco líder dos comerciários e localmente a comissão provisória é presidida por Divino Cândido de Oliveira (da Chácara Primavera).
Vejamos uma retrospectiva de 20 anos para cá do PMN: em 1996 Gilson Dias chegou a 188 votos. Na eleição de 2000 Ivanildo Bandeira Athie obteve 189 sufrágios. Nas eleições de 2004 e 2008 Fleury da Cerpa obteve 218 e 431 votos respectivamente. Enfim, na última eleição a agremiação quase chegou com o radialista e apresentador de televisão Nonato Dourado que perdeu por cinco votos teve 1.426 votos.
Do PMN duas lideranças políticas já comprovadas nas urnas: Divino da Chácara Primavera (comerciante e desportista atua no Núcleo São Félix, na última eleição teve 527 votos) e Tonin do Sororó (comerciante, líder comunitário Vila Canaã/Sororó na BR 155, na eleição de 2012 obteve 665 pelo PSDB e mais recente ganhou o plesbicito com 468 votos para ser o candidato da região).

Os demais postulantes do PMN são: Pindor do Amapá (comerciante na área de prestação de serviços de serralheria, em 2012 chegou a 310 votos pelo PRB); Evanildo Cadilac (empresário no ramo de elétrica na Folha 28, pelo PRP obteve 295 votos na última eleição);   Osmar (com atuação na região do Brejo do Meio em 1996 (pelo PSB) teve 284 votos e em 2000 334 sufrágios); Pedro Santos Nunes “Pedrinho do Conselho” (conselheiro de Saúde, com atuação nos bairros Liberdade, Independência e Jardim União em 1996 teve 79 votos (pelo PT) e em 2000 (também pelo PT) chegou 106 sufrágios, na eleição de 2012 pelo PRTB obteve 226 votos); Goiano da Sorte (morador da Folha 12, vendedor do Carajás da Sorte); Mineiro da 17;  Eliel (trabalhou no Gabinete do Prefeito João Salame);  Paulo da Eletromáquinas (morador na Marabá Pioneira, empresário do ramo de manutenção e vendas de máquinas de escrever, contar e informática, teve em 2012 117 sufrágios); Nilton Ferreira do Santos “Nilton da Sespa” (servidor público federal do tempo extinta SUCAM candidato pelo PT em 2000 obteve 105 votos).

As mulheres pelo PMN são:  Monalisa Miranda (líder comunitária, diretora da FECOM); Milhomem (Agente Comunitária de Saúde); Itamara Estrela (cantora de melody, da Associação de Moradores/as da Folha 31); Gilvanete Alves (Agente Comunitária de Saúde, na eleição de 2012 obteve 16 votos); Professora Joana Costa (moradora no bairro Liberdade e trabalha na Escola Luterana, 2012 obteve 43 votos); Tereza Cristina Silva (professora da Creche da Folha 33, apenas cumpriu a cota de gênero); e  Eliete da Coca-Cola (professora de dança, moradora do bairro Nossa Senhora Aparecida).

O Partido Social Cristão (PSC) No Pará PSC é liderado pelo ex-deputado federal Zequinha Marinho que atualmente é Vice-Governador do Estado, elegeu sua esposa na sua vaga Júlia Marinho e conta com a fidelidade do deputado estadual Olival Marques.

Em Marabá teve a recente passagem do advogado Haroldo Silva Júnior que ensaiou ser candidato a prefeito, mas se desiludiu da política e tomou outro rumo. Atualmente o partido é dirigido por Luivan Lopes (assessor de  Zequinha Marinho), e ainda conta com uma presença significativa de operadores do direito (justiça).

O histórico de votação do PSC em Marabá: em 1996 Valmito Barbosa dos Santos chegou a 446 votos. Na eleição de 2000 e 2004 Edson Aires dos Santos “Profº Edson do SESP” obteve 213 e 376 sufrágios respectivamente. No pleito de 2008 Leonilda teve 257 votos. Enfim, na última eleição Irmã Neia com 555.

Do PSC duas lideranças políticas já comprovadas nas urnas: Irmã Neia (evangélica continua firme no partido na última eleição recebeu a confiança 555 eleitores/as) e Neiba Nunes - com atuação no Sindicato dos Metalúrgicos e com Mini Trio (Carro de Som), pelo PMN obteve 501 votos em 2012).
Os demais candidatos são: Leonardo da Folha 18 – forte candidato por ter livre acesso ao vice governador e ser uma liderança jovem apoiada pelo Pastor Ze Vicente da Assembleia de Deus Ministério do Seta; Hércules;  Jó das 3 Poderes (com atuação no Sindicato dos Trabalhadores Rurais, atualmente concentra sua atuação na Região Rural Três Poderes, em 2012 conseguiu 373 votos);  Cristina Lorezoni - empresária da Rede Valor, viúva do empresário André Barbosa (Supermercados Alvoradas);  Edinaldo Machado (atuação no Projeto Semear); Fábio Costa – liderança do grupo de moto-taxi não regularizado); Aldo Maranhão (advogado, neto do ex-vereador Dionor Maranhão na década de 1960, pode ser revelada uma nova liderança política, tem grande apoio da juventude na velha Marabá).
------------------------------------------
Este texto faz parte de um conjunto de analise que vem sendo publicada no Blog Rebojo – Não emite a opinião deste pôster, mesmo havendo aqui algumas adequações

Nenhum comentário: