segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Eleições 2016: PSB e PP









 Ex-Arena e Socialistas juntos!

Neste momento olímpico citamos os possíveis atletas que estão em plena corrida por algumas medalhas na Câmara de Vereadores/as de Marabá, apresentamos a coligação composta por: PP e PSB. No conjunto da coligação são três vereadores tentando a reeleição, trabalharão para conseguir pelos menos duas (02) vagas. Estão unidos com a coligação majoritária “Todos por Marabá” com Tião Miranda (PTB) para prefeito. 

O Partido Progressista (PP) no Pará por muito anos foi liderado pelo deputado federal Gerson Peres o político da frase “que na política, só ainda não vi boi voar”, que ao não se eleger em 2014 perdeu a agremiação partidária para o deputado federal Beto Salame, eleito pela força política do irmão Prefeito de Marabá João Salame Neto (hoje no PMDB). Tem como deputado estadual o médico Luiz Sefer que andou tendo votos aqui nas barrancas do Tocantins, por onde tem fazenda. 

Em Marabá o PP vem sendo liderado pelo experiente vereador Miguel Gomes Filho “Miguelito” desde 1996, dividindo a bancada com o vereador Leodato Marques que resolveu ser o líder do PROS. Miguelito chegou a sair do PP, mas voltou com a entrada do Salame. Nessas trocas de partido quem resolveu entrar no PP foi vereador Orlando Elias. 

No PP a figura mais expressiva e com maior densidade eleitoral é o vereador Miguelito (formado em economia, entrou na política ainda  jovem em 1988 elegendo pelo PDC vereador de Marabá,  em 1992 tentou ser prefeito pelo PDT, também tentou duas vezes ser deputado estadual em 1990 e 1996. Sempre se elegendo para legislativo municipal já são seis mandatos, onde exerceu por diversas vezes a presidência da Casa, cargo que exerce atualmente e permite trânsito no executivo, onde sempre cumpre o papel de base e liderança do governo “sempre fiel ao prefeito”. É um dos idealizadores do Estado de Carajás, atuou como secretário de Saúde (2001), colaborou com a construção do atual prédio da Câmara.

No governo de Maurino Magalhães atuou por três anos como Superintendente de Desenvolvimento Urbano (SDU), que lhe ajudou a ser segundo vereador mais votado com 2.310 votos na última eleição. É um dos aliados do governo João Salame, que mais recentemente indicou seu irmão Pedro Gomes para Secretário Municipal de Agricultura. 

O vereador Orlando Elias – jovem oriundo do Maranhão, fixou residência no km 7  e expandiu atuação nos bairros Araguaia e Nossa Senhora Aparecida – Nova Marabá, sua principal bases eleitoral e trabalhou coordenando serviços de limpeza pública na Secretaria de Obras, foi eleito em 2012 pelo PMDB com 1.164 votos. Trabalha agora a famosa e difícil reeleição. 

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Pará liderados há muitos anos pela família Andrade (Ademir Andrade – político desde a década de 1980 passando pelos cargos de vereador de Belém, deputado federal e senador, além de ter se candidato a governador e dirigentes de órgãos federais, passou o bastão para o filho Cássio Andrade que já está com dois mandatos, faz parte da base do governador Simão Jatene. 
O PSB tem no momento na Câmara Municipal de Marabá apenas o vereador Alecio Stringari - catarinense iniciou sua vida profissional na construção civil como carpinteiro, depois passou a trabalhar na comercialização de conservas, principalmente de palmito, de onde originou seu apelido, estratégia para popularizar o nome. Em Marabá desde 05 de março de 1998, optou pela zona rural Vila Capistrano de Abreu. Começou com a organização de competições esportivas, depois articulação de políticas públicas: educação, saúde, pavimentação asfáltica das Vilas e recuperação da Estrada do Rio Preto.  

Em 2008 Alécio da Palmiteira decidiu iniciar carreira como político, disputou uma vaga no poder Legislativo no qual foi eleito com 1.602 votos, desbancando seu colega de partido Elton Mamoré que teve uma significativa votação 1.173 sufrágios inviabilizando sua reeleição. Em 2012 diminuiu mais ainda ficando na casa de 704 eleitores/as. Pela atuação do “Palmiteiro” como representante da Zona Rural, em especial da Região do Rio Preto foi reeleito com 1.580 sufrágios, votação que permitiu continuar liderando os “socialistas”. Quase foi eleito Francisco Carreiro Varão “Frank” que obteve 1.530 com grande votação da Região Rural do Patuá/Capoeira e Folha 28.
------------------

Texto publicado originalmente no Blog Rebojo- segue postado aqui com algumas adequações feita por este poster .

Nenhum comentário: