segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Eleições 2016: PPS apresenta seus nomes

 




 PPS desiste de Wilsão e embarca com Tião


Trazemos mais uma das coligações que considerando a densidade eleitoral dos seus membros resolveu arriscar carreira solo, confiando em fazer o quociente partidário/coeficiente e conseguir eleger um vereador. Com este objetivo o Partido Popular Socialista (PPS) cujo lema: “um partido decente” lançou vinte dois (22) nomes e uniram a coligação majoritária “Todos por Marabá” com Tião Miranda (PTB) para prefeito.
Vale ressaltar que durante todo o primeiro semestre o partido tinha o ex-secretário de cultura Wilson Teixeira como seu pré-candidato a prefeito, inclusive sendo homologado pela militância. 
Vale lembrar um pouco a história política recente, em 2004 o PPS elegeu o prefeito João Salame Neto que filiou no PROS em 2013, e agora está no PMDB. Em relação a bancada, elegeu três vereadores (3): João Hiran da Madeireira (1.369); Professor Pedro Souza (1.247) e Ubirajara Sompré (1.153). Ficaram como suplentes: Edivaldo Santos (1.059); Jhosy das Galerias (881) e Priscila Veloso (808).
No momento o PPS não tem nenhum mandato na Câmara Municipal de Marabá, todos vereadores e suplentes seguiram outro rumo. Agora o PPS sob a presidência de Rizomar Daniel Castro se esforça alcançar pelo menos uma cadeira no legislativo.
No estado do Pará PPS tem como líder maior deputado federal Arnaldo Jordy “ficha limpa” e tem ainda o jovem deputado estadual Tiago Araújo é da base dos governos de Michel Temer (PMDB) e Simão Jatene (PSDB).
Das vinte duas figuras políticas as mais expressivas que já testaram as urnas, tem: ex-vereador e outros que chegaram bem próximos, alcançando a famosa suplência, alguns bem mais persistentes que Lula, já passam de três tentativas, são eles:
O jovem Jedean Guimarães “Dean da Morada Nova” – filho ex-vereador Juvenal Guimarães eleito pelo PRP em 1996 com 522, em 2012 Dean pelo PTB alcançou a casa 989 votos;
Francisco Cândido Pereira “Chico do Flamengo” – um eterno candidato, já bateu nas traves várias vezes, inclusive vestiu o paletó de vereador uma vez, teve forte atuação na construção civil na gestão de Tião Miranda, se contar da eleição de 1996 quando teve 498 votos pelo PSDB até última quando no PTB chegou a 961sufrágios, algumas vezes teve mais de mil votos, já são cinco tentativas;
Mariozan Rodrigues Quintão – é outro eterno candidato, desta vez vem com força pela Vila Santa Fé, onde já ganhou plebiscito, o líder comunitário também é persistente desde a eleição de 1996 quando teve 204 votos pelo PSD até última quando no PSDB chegou a 826 eleitores/as, já são várias tentativas;
Jedean Milhomen – servidor público, uma pessoa muita próxima do candidato a prefeito Tião Miranda, na eleição de 2012 pelo no PSDB chegou a 802 votos;
Ronaldo Alves Araújo “Ronaldo da 33” (ex-vereador e empresário do ramo de transporte, com votação concentrada na Folha 33 um dos bairros mais populosos da Nova Marabá se elegeu a primeira vez em 2004 com 1.388 votos, se reelegeu uma vez e caiu em 2012 pelo PP quando obteve 780 sufrágios, aproximando de sua primeira votação 516 votos em 2000 pelo PSD.

Nenhum comentário: