quinta-feira, 2 de junho de 2016

EM PLENA SEMANA DO MEIO AMBIENTE UNIFESSPA MUTILA ÁRVORE


Na semana que o mundo homenageia o ambiente a UNIFESSPA, com o argumento de construir um recuo para o ônibus que faz o translado de alunos e servidores entre os campi universitários de Marabá, pratica uma poda radical de mangueira plantada no interior do Campus I (fotos) no período de implantação do Campus de Marabá/UFPA. Revela-se com isto um total desrespeito não apenas ao ambiente da cidade de Marabá, já um tanto castigado pelo desmatamento circunvizinho e pela baixa arborização urbana, mas ao processo histórico de implantação do ensino superior na região cujos elementos de arborização dos campi o simbolizam. A árvore, radicalmente podada, teria sido posta abaixo pelos trabalhadores da empresa contratada, não fosse a intervenção de professores das unidades desse Campus que protestaram contra este ato e questionaram a necessidade do mesmo alegando que a árvore poderia, inclusive, servir de abrigo do sol a estudantes e servidores usuários desse transporte. Este ato evidencia uma forma de planejamento cujos responsáveis, numa medida pragmática, não buscam sequer ouvir a comunidade nem tão pouco adequar os projetos arquitetônicos visando construir um ambiente saudável e aos anseios da comunidade diretamente atingida, reflexo de uma prática implantada nos últimos anos contrariando uma tradição administrativa de quando ainda éramos Campus de Marabá.

Nenhum comentário: