terça-feira, 24 de maio de 2016

Nota da Prefeitura em resposta ao Sintepp


Em reunião ocorrida no último dia 5 de maio, com a presença do Secretário Municipal de Educação, Ueslei Nascimento, e com a participação da Coordenadora da Comissão Fiscal, Mirani Sertório do Nascimento, os membros desta listaram os problemas que provocaram o aumento do valor da Folha de Pagamento da Semed, de R$ 15 milhões para R$ 17,5 milhões.
1) Lotação de coordenadores pedagógicos em escolas sem que o número de alunos desses estabelecimentos o justifiquem.
2) Lotação de professores em turmas com números de alunos abaixo do estipulado pela Portaria de Lotação.
3) Fechamento de espaços locados para o funcionamento de escolas, uma vez que é possível colocar esses alunos em escolas próximas, havendo economia não apenas com os alugueis, mas também com professores e pessoal de apoio.
4) Dispensa de contratados que estariam inviabilizando a Folha de Pagamento.
5) A regressão dos 85 servidores citada na nota do Sintepp é determinação do Ministério Público Estadual (MPE)
6) Vale ressaltar que foi o próprio Sintepp que denunciou a situação financeira da educação no MPE.
Portanto, não há que se falar em prejuízos aos servidores da Educação, uma vez que as sugestões partiram dos próprios representantes dos servidores do setor.
Quanto às afirmações de que os pagamentos dos salários de maio em diante serão parcelados, isso não passa de suposições com o objetivo de enfraquecer a credibilidade da Administração Municipal, lembrando que, mesmo diante da crise econômica avassaladora que se abate sobre o país, a Prefeitura de Marabá jamais atrasou ou acumulou os salários dos servidores municipais concursados, contratados ou comissionados.
O Governo Municipal reforça que continuará envidando todos os esforços pra manter a folha em dia, mas precisa tomar medidas para impedir o atraso.
A Administração Municipal compreende a verborragia que toma conta de algumas lideranças em época de eleição sindical, mas isso não irá demover a Gestão de continuar dialogando e melhorando as condições de trabalho dos servidores, com os quais manterá – como sempre tem mantido – diálogo permanente.
Vale lembrar que a Administração atual muito já fez e continuará fazendo pela Educação e pelos educadores em Marabá, como a construção de escolas nas Zonas Urbana e Rural, assim como de Núcleos de Educação Infantil (NEIs) também no campo e na cidade; e também reformas e ampliações, totalizando 23 obras, assim como a climatização de 500 salas, melhorando não só a qualidade do ensino como as condições de trabalho.
Na Administração atual, é bom ressaltar, o Visa Vale dos servidores da Educação teve seu maior reajuste desde que foi criado, 38,96%, melhorando significativamente os ganhos da classe beneficiada.
Também no atual governo, a merenda escolar e o transporte escolar tiveram um salto qualidade. A merenda ganhou um depósito adequado às exigências do Ministério da Educação quanto ao armazenamento e distribuição.
O transporte escolar chega hoje a todas as vilas e garante segurança e conforto aos estudantes, assegurando tranquilidade aos pais e responsáveis.
Além disso, a escolha de diretores de escolas deixou de ser na base do “Quem Indica” e passou a ser um processo democrático, com a implantação das eleições diretas nos estabelecimentos de ensino.
Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Marabá

Nenhum comentário: