sexta-feira, 4 de março de 2016

A POSSE DA CATEGORIA


Hoje, dia 04/03/2016, inicia uma nova história na Subsede do SINTEPP de Parauapebas. É o dia em que o SINTEPP retorna para as mãos da categoria em Parauapebas!
Todos sabem que há um bom tempo a Coordenação Majoritária da nossa subsede vinha deixando de representar a categoria para representar interesses particulares em benefício de um grupo familiar que se achavam os proprietários do SINTEPP em Parauapebas.
Por isso não prestaram contas dos R$ 500 mil arrecadados dos filiados no período de 2010 a maio de 2014; venderam a caminhonete da subsede e dilapidaram com o patrimônio público do nosso sindicato. Nesses últimos anos, o Clube do Servidor, que estava sobre a “gestão Moitinho”, onde os servidores realizavam suas festas e confraternizações, está totalmente destruído e abandonado.
A verdade é que essa gestão do SINTEPP em Parauapebas trouxe muitos prejuízos para nossa categoria. Foi omissa e conivente diante dos ataques do governo contra a educação. Nunca se posicionou seriamente diante dos cortes realizados na educação e dos escândalos de corrupção.
O governo acabou com os programas de suporte pedagógico e atacou os direitos dos servidores em vários momentos, e a coordenação majoritária da subsede se manteve omissa porque tem a sua cota de contratos dentro da Prefeitura e não quis se expor com o governo.
Falar hoje de vergonha é uma piada de mal gosto! Quem nos acusa deveria dizer para categoria que foi expulsa do SINTEPP por uso indevido do dinheiro da categoria e por dilapidar o patrimônio do Sindicato. Hoje o SINTEPP não tem moral para comprar uma balinha fiado na cidade, pois há tempo não vem pagando seus credores. Até um advogado entrou na justiça e empenhorou a casa da subsede para poder receber seus honorários!
Não é verdade que a chapa 1 foi beneficiada pela Comissão Eleitoral. O que aconteceu é que as chapas 2 e 3, no fogo da emoção de concorrer a eleição, não leram o regimento eleitoral e nem o estatuto do SINTEPP e inscreveram pessoas não aptas a serem votadas no pleito. Como querem representar a categoria se não tiveram capacidade nem de inscrever corretamente a sua chapa para uma eleição?
As pessoas que assumem hoje a nova Coordenação da Subsede do SINTEPP de Parauapebas são todas trabalhadoras da educação e que tem uma história de luta com a educação desse município e região. Essa nova Coordenação assume a partir de hoje três tarefas grandiosas com a categoria. RESGATAR a credibilidade do SINTEPP em Parauapebas, UNIFICAR a luta da categoria na garantia de um reajuste salarial justo e CONSTRUIR com a categoria um Plano de Cargos e Carreira Unificado para toda a educação.


POR UM SINTEPP AUTONÔMO E SEM ATRELAMENTO A NENHUM GOVERNO!

Nenhum comentário: