quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Insurgência convoca para o próximo número

 CONVOCATÓRIA PARA PRÓXIMO NÚMERO: DOSSIÊ “POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS, QUESTÃO AGRÁRIA E CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS”

InSURgência: revista de direitos e movimentos sociais (ISSN: 2447-6684) convoca autores para enviar contribuições ao dossiê “Povos e Comunidades Tradicionais, Questão Agrária e Conflitos Socioambientais”. O dossiê será organizado pelo Grupo Temático homônimo do Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS), com coordenação de Carlos Frederico Marés de Souza Filho, Erika Macedo Moreira e Mariana Trotta Dallalana Quintans.
Prazo final para envios: 1º de fevereiro de 2016.
Ementa: O dossiê temático “Povos e Comunidades Tradicionais, Questão Agrária e Conflitos Socioambientais” busca receber trabalhos que proponham a análise dos desafios, perspectivas, conflitos e resolutividades de questões étnicas, territoriais, agrárias e socioambientais, com especial atenção: (1) da aplicação dos instrumentos jurídicos ligados aos povos e comunidades tradicionais nos aspectos do reconhecimento identitário, terra/território, educação, saúde, patrimônio cultural e conhecimentos tradicionais, articulando a temática com marcadores sociais da diferença (classe social, geração, gênero, sexualidade, raça, etnia, entre outros); (2) discussão sobre os conflitos territoriais e agrários no Brasil e América Latina ligados às políticas desenvolvidas ao longo dos séculos que levaram ao processo de concentração fundiária e exclusão de vários setores do acesso à terra e aos recursos naturais, destacando os atos de resistência e de mobilização dos novos atores políticos que passaram a se destacar no cenário político-organizacional brasileiro e latino-americano, além do aprofundamento do debate sobre os movimentos sociais rurais e étnicos, conflitos agrários, função social da terra, atuação do judiciário na questão agrária e étnica, reforma agrária, direito à memória e verdade no campesinato e povos indígenas; (3) a problemática das políticas de desenvolvimento governamentais e/ou não governamentais, com foco nos impactos aos sujeitos coletivos e outras populações locais, assim como os conflitos socioambientais nas relações entre Estado, Direito, Mercado, Mídia e Movimentos Socais.

Nenhum comentário: