sábado, 13 de junho de 2015

Assim disse Franssinete

"O deputado federal José Priante e o senador Jader Barbalho (são primos) estão em uma guerra surda há muitos anos, que recrudesceu agora, por conta de Priante ter sido preterido em favor de Helder Barbalho para ocupar o Ministério da Pesca. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha(PMDB-RJ), pediu à presidente Dilma Rousseff, então, que desse a Companhia Docas do Pará a Priante, a título de consolação. Mas Jader foi lá e pediu também, só que para o deputado Parsifal Pontes, seu fiel escudeiro. Aí o caldo entornou, a nomeação empacou e o Planalto mandou que eles se acertem mas está difícil. A confusão ganhou contornos partidários. Michel Temer apoia Jader. Um cabo de guerra que até agora se mantém no impasse. Desde que Priante quis ser candidato ao governo do Pará e Jader preferiu Domingos Juvenil, a casa caiu."

Um comentário:

Anônimo disse...

Duelo de lularápios!
A bomba que explodiu no Instituto Lularápio, quem me diz que não foi um ptralha que comandou? Eles são bons nisso para desviar a atenção vão fazer mais, aguardemos.
Pedir guarida aos metralhas? Aí que "a geripóca vai piar". Os cofres estão combalidos, os Ministérios todos resguardados, fazer o quê, mandar a presidente viajar e deixar o Vice-Presidente governar por um bom período? Sei lá o que os PTralhas estão articulando?