sexta-feira, 10 de abril de 2015

15 de abril é Dia Nacional de Paralisação

Só os trabalhadores organizados na luta conseguirão barrar o Projeto de Lei 4330 que desregulamenta o trabalho e impõe as terceirizações. Assim, a reunião que aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (9), em Brasília, entre a CSP-Conlutas, CUT, CTB, NCST e Intersindical/CCT aprovou a convocação de um Dia Nacional de Paralisação no próximo 15 de abril.

Além de defender os direitos contra a desregulamentação do trabalho imposto pelo Projeto de Lei 4330, a mobilização será contra as medidas provisórias 664 e 665 adotadas pelo governo Dilma que atacam o seguro desemprego, auxílio doença, pensões, PIS e outros direitos.

A CSP-Conlutas assumiu o compromisso de construir esse dia, mas propôs às demais Centrais que trabalhem para construir uma forte Greve Geral no país, organizada a partir de um plano de ação, comitês de mobilização e pauta única contra a política que vem sendo aplicada pelo governo, os setores de direta e o empresariado. Essa é a saída efetiva para barrar os ataques que vêm sendo promovidos contra os trabalhadores.

Após esse dia de paralisações haverá nova reunião das Centrais Sindicais para definir os próximos passos da mobilização unificada.

Nenhum comentário: