sábado, 28 de fevereiro de 2015

Educação em debate

Ocorreu ontem 27 de fevereiro  mais uma audiência pública na Assembleia Legislativa de SP para dar continuidade à luta pelo reconhecimento do trabalho dos professores ‘Categoria O’ da rede estadual de ensino.
...
O debate foi às 19 horas no Plenário José Bonifácio e, na opinião do parlamentar — membro titular da Comissão de Educação e Cultura —, serviu para dar voz e reforçar os pleitos destes profissionais da Educação, cobrar do governo estadual dignidade no tratamento dado à categoria, respeito às leis trabalhistas, melhores salários e condições de trabalho, fim da quarentena, acesso ao Hospital do Servidor Público Estadual e ao SPPrev.
Participaram da audiência grupos organizados de luta pelos professores ‘categoria O’ e docentes da rede, e estão sendo convidados a Secretaria da Educação e a APEOESP. “Não é mais possível manter afastados da rede estadual professores que trabalham tanto quanto os das demais categorias por conta de quarentena, muito menos alijar destes os direitos trabalhistas aos quais os demais profissionais da Educação têm. Temos que continuar a luta para que os professores ‘Categoria O’ sejam, de fato e de direito, reconhecidos como docentes do ensino público, com direitos trabalhistas, remuneração, carreira e dignidade no exercício da profissão, como todos os professores também devem ter”, diz Giannazi.

Nenhum comentário: