sábado, 28 de fevereiro de 2015

DÍVIDA ILEGÍTMA E IMPAGÁVEL


Dívida Pública pode chegar a 2,6 trilhões em 2015

Os números da dívida pública federal brasileira confirmam que o esforço para o seu pagamento se assemelha ao esforço de enxugar gelo. Apesar dos sucessivos superávits primários, obtidos por meio de arrochos fiscais e corte de gastos públicos, a dívida continua sendo impagável.
...
De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, a dívida pública pode chegar ao patamar máximo de R$ 2,6 trilhões no fim deste ano – R$ 305 bilhões a mais em relação ao fechamento de 2014. Ano passado a dívida cresceu 3,94%, mesmo após o país ter pagado R$ 251 bilhões somente de juros – o equivalente a dez anos do gasto com o programa Bolsa Família – o mais extenso programa social brasileiro.
Estes números reforçam a necessidade de o país promover uma auditoria de sua dívida pública, com o intuito de identificar os contratos fraudulentos e reduzir seu valor bruto e o impacto dos altos juros.
O povo brasileiro não pode continuar pagando uma dívida ilegítima, à custa do empobrecimento do país e da piora das condições de vida.
Mandato Ivan Valente.
Infográfico: Felipe Plauska
Ver mais
·

Nenhum comentário: