segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Tietê versus Criminosa!

E a Grota Criminosa?

Não há projeto para despoluição, apenas sua canalização reproduzindo assim a lógica de impermeabilização.

E o Tietê?

Tem um rio passando na cidade e vocês estão sem água? A pesquisadora da Universidade Stanford, na Califórnia, Newsha Ajami, comentou a crise hídrica com espanto ao se dar conta que o problema não é falta de água, mas descaso do governo, ineficiência e falta de planejamento. Comparando a situação de São Paulo com a da Califórnia, Newsha disse ter ficado surpresa ao chegar à capital paulista e ver o rio Tietê cheio. “Nós [na Califórnia], realmente não temos água, não está chovendo e os nossos rios estão secos.”
O projeto de despoluição do rio Tietê, que corta o estado de São Paulo, começou depois da Conferência Eco-92. São 22 anos com investimentos de mais de R$ 3,6 bilhões dos cofres públicos, mas o Tietê continua sendo um dos rios mais poluídos do país.
“É, sim, um problema nacional de seca, mas [no Estado] ele é exacerbado pela falta de gerenciamento e de soluções”, disse a pesquisadora à “Folha de S.Paulo (http://www1.folha.uol.com.br/…/1577040-sp-deve-mirar-curto-…).

Nenhum comentário: