sábado, 10 de janeiro de 2015

Protesto não é crime!

A Anistia Internacional vê com muita preocupação o anúncio da Polícia Militar do Estado de São Paulo de que iria usar técnica chamada de “envelopamento” com “cordões de policiais” cercando os manifestantes durante o policiamento do protesto que está marcado para a tarde de hoje (09/01). Também foi anunciado que todas as pessoas que passassem pela região onde aconteceria o protesto seriam revistadas. Tais declarações são alarmantes devido ao histórico de atuação da Polícia Militar do Estado de São Paulo durante as manifestações públicas desde 2013. Há fortes evidências que indicam abusos e violações por parte da instituição, com diversos episódios de uso excessivo e desnecessário da força, detenções arbitrárias e mau uso das chamadas armas “menos letais”. A liberdade de expressão e manifestação pacífica são um direito humano, e o Estado tem a responsabilidade de tomar todas as medidas necessárias para proteger, promover e respeitar tal direito.

Nenhum comentário: