quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Mineração: Audiência Pública no Sul do Pará

O Projeto Araguaia, da empresa Araguaia Níquel Mineração Ltda, que faz a extração e o beneficiamento de níquel em Conceição do Araguaia, vai ser apresentado em uma audiência pública programada para o dia 30 de janeiro, na Associação Atlética Banco do Brasil do município. O grupo atua na exploração de sete depósitos de níquel laterítico (níquel encontrado em solos alterados pela ação da chuva, com grandes concentrações de ferro e alumínio) localizados 40 km ao norte da área urbana de Conceição do Araguaia, às proximidades da divisa com o Estado do Tocantins.
A audiência, coordenada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), terá a participação de representantes do Ministério Público Federal e Estadual, autoridades federais, estaduais e municipais, órgãos públicos e privados, instituições governamentais e não governamentais e a população em geral. Todos os interessados podem participar e oferecer contribuições para o projeto.
O projeto está implantado a aproximadamente 200 quilômetros da BR-153, estrada federal que possibilita o acesso ao Porto de Itaqui, em São Luís (MA). O modal rodoviário será o principal meio para o recebimento dos insumos e exportação da liga ferro-níquel. 
O níquel é um metal utilizado para a fabricação de aço inoxidável, liga metálica indispensável para a indústria alimentícia, química e petrolífera. Do aço são feitos eletrodomésticos, automóveis, ferramentas e materiais usados na construção civil.
Após a audiência pública o projeto passará por uma avaliação da Semas, órgão responsável pela concessão da licença ao empreendimento. O Projeto Araguaia tem vida útil estimada de 25 anos, com produção média anual de 900 toneladas de liga ferro-níquel.
Serviço: Audiência pública sobre o Projeto Araguaia. Dia 30 de janeiro, às 14h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) de Conceição do Araguaia (Rua 10, s/n, bairro Centro).
FONTE: AGENCIA PARÁ

Nenhum comentário: