segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Milícias e grupos de extermínio estão na mira da CPI em Belém

JUSTIÇA EM BELÉM
CPI, proposta pelo deputado :: Edmilson Rodrigues, avança na apuração da chacina, ocorrida em novembro último
A Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) que apura a existência e a atuação de grupos de extermínio e de milícias no Pará, instalada em âmbito da Assembleia Legislativa, requereu ao governo do estado do Pará, nesta segunda-feira (05), informações sobre a existência de equipamentos de registro de imagens e de rastreamento no interior das viaturas do Sistema de Segurança Pública. O objetivo é obter as filmagens e os mapas de deslocamento das viaturas do 2º Batalhão de Polícia Militar, lotadas na 2ª Companhia da PM, entre às 19 horas do dia 4 de novembro e às 7 horas da manhã seguinte, quando dez pessoas foram mortas a tiros em bairros periféricos de Belém, supostamente em reação ao assassinato do Cabo Antônio Marcos Figueiredo, da PM, o “Cabo Pet”, ocorrido na mesma noite. Denúncias atribuem a autoria dos crimes a grupos de extermínio que contariam com a participação de policiais.
Leia mais no site do PSOL: http://bit.ly/1HB8sdS

Nenhum comentário: