sexta-feira, 6 de junho de 2014

Greve atinge 18 Unidades Estaduais e cerca de 22% dos servidores, diz IBGE

Sindicato, no entanto, estima que em torno de 70% aderiram à paralisação. Coordenador não descartou efeito da greve nos resultados das pesquisas


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística afirmou, na tarde desta terça-feira (3), que a paralisação dos servidores continua parcial e atingiu 18 Unidades Estaduais, além das Unidades da Sede, Parada de Lucas, Canabarro e Chile, situadas no Rio de Janeiro. De acordo com o órgão, a adesão foi de cerca de 22% dos trabalhadores, em todo o país. O sindicato, no entanto, estima que entre 65% a 70% dos servidores aderiram à greve.
Segundo o IBGE, a adesão ocorreu nos estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Bahia, Acre, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Maranhão, Pará, e Distrito Federal. No entanto, o calendário de divulgação está mantido, afirmou o órgão.
Segundo a diretora-executiva do Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Fundações Públicas Federais de Geografia e Estatística (ASSIBGE-SN), Ana Magni, na tarde desta terça, uma unidade no estado de Pernambuco decidiu pela adesão à greve. "A greve se fortalece a cada dia. Pernambuco é um estado importante", afirmou.

G1 (fonte)

Nenhum comentário: