sexta-feira, 14 de março de 2014

A Comissão de Regularização Fundiária da Universidade Federal do Pará agem

apresenta nesta terça-feira, 11 de março, a partir das 10 horas,  no Ministério das Cidades, em Brasília, o  Sistema de Apoio à Regularização Fundiária (Sarf), software desenvolvido pelos consultores em tecnologia da informação e da comunicação do Projeto Moradia Cidadã, que facilitará a titulação das moradias.
 O sistema consolida um banco de dados digitais sobre uma população estimada em mais de 54 mil pessoas residentes em 1.550 hectares e que ocupam  aproximadamente 14 mil imóveis nas cidades de  Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Capitão Poço, Tomé-Açu, Ipixuna do Pará e Concórdia do Pará.

Nenhum comentário: