segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Deputado faltoso!

Sob críticas de Edmilson, Macarrão não tem licença renovada


O deputado Paulo Jasper (PMDB), mais conhecido como “Macarrão”, terá que comparecer ao trabalho na Assembleia Legislativa do Pará, sob pena de ter as faltas descontadas no salário, ou, ainda, possibilitar que o suplente do partido assuma o mandato. Na sessão desta quarta-feira, 9, a maioria dos deputados rejeitou o novo pedido de licença de saúde impetrado por Macarrão. O voto foi encaminhado pelo deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), a exemplo da votação de pedidos idênticos do peemedebista. Sob a alegação de problemas de saúde, Macarrão vem apresentando reiterados pedidos de licença desde o início do atual mandato, tendo sido visto raras vezes na Alepa.
“Estamos há três anos com 40 deputados nesta Casa. Não é justo com o povo. Temos aqui um deputado a menos sempre para votar os assuntos de interesse da população. Não vou aceitar mais dar uma ou duas semanas de licença. Se ele está doente, e é verdade, o suplente tem que ser chamado. Não tenho nada pessoal contra o deputado Macarrão. Temos que obedecer o regimento. Não é admissível que se pague salário e mais a estrutura de gabinete, com assessores e custeio de transporte, se ele não precisa. Como esse dinheiro é gasto?”, argumentou Edmilson.
Na votação, conduzida pelo deputado Júnior Ferrari (PTB), a maioria dos deputados votos contra a renovação da licença a Macarrão. Votaram a favor apenas os deputados Chicão (PMDB) e Nilma Lima (PMDB), enquanto outros peemedebistas presentes deixaram o plenário para não votar.

Nenhum comentário: