quinta-feira, 13 de junho de 2013

Lourenção!

O projeto executivo das obras de derrocamento - explosão e retirada de pedras - do Pedral do Lourenço estão com o Comando da Marinha, no Rio de Janeiro. O posicionamento da Marinha sobre os dois estudos, um elaborado pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e outro encomendado pela mineradora Vale, deve ser divulgado em cerca de uma semana. As obras do derrocamento são fundamentais para a efetiva viabilidade da Hidrovia do Tocantins durante todo o ano e a atração de investimentos na região e sudeste do Pará, especialmente a siderúrgica de Marabá. A bancada federal do Pará e o Governo do Estado vêm acompanhando e cobrando o Governo Federal sobre o assunto desde 2011.

Nenhum comentário: