quarta-feira, 29 de maio de 2013

UNIFESSPA aprovada no senado, agora segue para sanção presidencial

Senado aprova Universidade Federal do sul e sudeste do Pará
PARAUAPEBAS DE FORA!

Em votação relâmpago, o  Senado aprovou na noite de ontem  a criação da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará  (Unifesspa).
O Projeto de Lei que cria a  Unifesspa, por desmembramento  da Universidade Federal   do Pará (UFPA), foi enviado  pelo Executivo ao Congresso  em agosto de 2011, na Câmara dos Deputados e tramitou  nas comissões de Trabalho, de  Educação e Cultura, de Finanças e Tributação e ainda pela  de Constituição e Justiça. Nesta última foi aprovada em 21 de  maio de 2013.
A sede da nova universidade  será em Marabá, com campi  em Rondon do Pará, Santana
do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara. Cálculos do Ministério da Educação estimam
as despesas com a Unisfesspa  em R$ 41,2 milhões em 2013.
Até 2017, quando está prevista  a contratação completa de pessoal para a instituição, a expectativa  é de R$ 260,6 milhões. O projeto cria 506 cargos de professor, 238 cargos técnico-administrativos  de nível superior e outros 357 cargos técnico-administrativos  de nível médio.   Serão abertos também um cargo de reitor, um de vice-reitor, outros 90 de direção, além de 462 funções gratificadas. O projeto foi concluído no  Congresso Nacional sem a vinculação do campus de Parauapebas à Unifesspa. A decisão foi tomada ainda na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, quando o relator,  deputado Marcos Rogério (PDT-RO), rejeitou a emenda da proposta, aprovada pela Comissão de Finanças.
 
 
 
 
 

THIAGO VILARINS

Da Sucursal

Nenhum comentário: