sexta-feira, 3 de maio de 2013

João "Brizola"

Se confirmado a ida do prefeito João Salame (MD) para o PDT, na verdade trata-se do retorno dele ao partido de Giovani Queiroz. Salame já foi presidente do diretório municipal em 1996, quando ensaiou pela primeira vez uma pré-candidatura a prefeitura de Marabá.
No PDT João correria atrás do prejuízo, para montar um grupo forte na região sob seu comando. Na prefeitura ficaria ainda mais confortável sua aliança com o PT. Pois, sendo o PPS (agora MD) partido de oposição a Dilma, isso não seria digerido por outras cortes.
Cabe agora ele explicar para os brizolista porque vai privatizar a saúde em Marabá.

Nenhum comentário: