domingo, 21 de abril de 2013

Saúde continua um caos!

QUEM ESTÁ INDIGNADO COM A SAÚDE PÚBLICA EM MARABÁ COMPARTILHA!
Esta foto é de hoje: 20/04/2013. Essa é apenas a fila do corredor interno do hospital, no externo tinha mais um outro tanto aguardando atendimento. Nem o aparelho de verificar a pressão estava funcionando por falta de pilhas, um amigo vendo a situação foi em sua casa e trouxe algumas pilhas para o enfermeiro de plantão. Lamento pelos marabaenses que precisam muito desse tipo de serviço que na teoria deveria ser de qualidade.
 

 Esta foto é de ontem: 20/04/2013. Essa é apenas a fila do corredor interno do hospital, no externo... tinha mais um outro tanto aguardando atendimento. Nem o aparelho de verificar a pressão estava funcionando por falta de pilhas, um amigo vendo a situação foi em sua casa e trouxe algumas pilhas para o enfermeiro de plantão. Lamento pelos marabaenses que precisam muito desse tipo de serviço que na teoria deveria ser de qualidade.

Um comentário:

Adir Castro disse...

TERCEIRIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS: a galinha dos ovos de ouro

A terceirização da saúde pública nalguns municípios brasileiros está trazendo uma constatação: os governos municipais, em sua grande maioria, são incompetentes para gerir a saúde pública, serviço esse que no passado teve sua municipalização amplamente defendida sob o pretexto de que sendo de responsabilidade do governo municipal ficaria melhor, já que esse poder estaria mais perto do munícipe.

Depois que passou para os municípios, no início até parecia que seria bom. Tudo funcionando bem. Mas aí pouco tempo depois, o sempre senhor da razão, o tempo, mostrou o tamanho do mal que foi feito contra a população: a saúde municipalizada virou um pesadelo na vida da população que precisa do serviço. O que se viu nos anos seguintes foi seqüela atrás de seqüela, óbito atrás de óbito, denúncia atrás de denúncia de desvio de recursos da saúde. Prisões foram feitas, mas que no fim não deram em nada. Nenhum dos acusados jamais devolveu um centavo sequer do que foi surrupiado do sistema público de saúde.

A saúde pública faliu, por pura incompetência e desonestidade, nas mãos dos gestores municipais. Isso é um fato comprovando.

A saída que alguns gestores vêm encontrando atualmente, é entregar o sistema público de saúde (responsabilidade pela qual brigaram no passado e que ratificaram recentemente em seus palanques no período eleitoral) para o setor privado. Até parece que o setor privado deseja que o sistema público de saúde funcione em sua plenitude.

No início da terceirização de qualquer serviço público tudo é maravilhoso… Relatórios com números positivos e depoimentos de sucesso para atestar que a terceirização foi o melhor caminho que eles encontraram. Depois de algum tempo (novamente o senhor da razão entra em ação) as pessoas percebem o engodo, quando precisam daquele serviço.

Dois exemplos de terceirização que não deram certo, mas que ainda estão em curso, foram o lixo e a merenda escolar em Marabá: dois fiascos e um prejuízo enorme para o erário.

Mas enfim, todo povo tem o governo que merece… E consequentemente merece o tratamento que esse governo os dispensa.