quarta-feira, 6 de março de 2013

Nota do Deputado Edmilson Rodrigues

O mundo perdeu, na tarde de ontem (05), um dos maiores expoentes na luta por igualdade, paz e justiça: faleceu, após uma penosa luta contra um câncer, o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez Frias, de apenas 58 anos de idade.
As profundas transformações político-econômicas e sociais lideradas por Chávez em seu país representaram um importante alento na luta contra o neoliberalismo, pela soberania nacional e pelo respeito ao papel protagonista que os povos latino-americanos precisam desempenhar no cenário internacional.
Dotado de profundo compromisso com seu povo e com todos os povos oprimidos do mundo, Chávez soube manter viva a longa tradição de resistência indígena, negra e popular, marca característica desses mais de 500 anos em que Nossa América é palco do continuado e brutal saque por parte das potências coloniais – de um passado que se transveste em novas formas de espoliação e dominação.
A experiência revolucionária na Venezuela, tendo à frente o presidente Hugo Chávez, plantou raízes profundas e duradouras. Um povo que protagonizou mudanças tão significativas em todos os campos da sociedade, não permitirá retrocessos. Seguirá seu caminho baseado na democratização da sociedade e numa distribuição das riquezas naturais do país mais equânime, rompendo dessa forma com os pilares da estrutura neocolonial que imperou naquele país sul-americano por séculos.
Confiante nessa perspectiva, ainda na tarde de ontem, o PSOL, através de seu presidente nacional, deputado federal Ivan Valente (SP) e de nosso líder no Senado, Randolfe Rodrigues (AP), divulgaram uma nota pública, que por sua importância histórica merece ser inserida nos Anais desta Casa:
“O PSOL – Partido Socialismo e Liberdade vem a público demonstrar seu pesar pelo falecimento do presidente da Venezuela, comandante Hugo Chávez Frías. Líder de um dos mais importantes processos de enfrentamento ao imperialismo na América Latina nas últimas décadas, Hugo Chávez transformou-se num símbolo de resistência ao projeto neoliberal e da luta popular latinoamericana e empenhou-se para fazer da Revolução Bolivariana um processo de acúmulo de forças rumo ao socialismo, na defesa de um projeto alternativo que também se alastrou para outros países. O PSOL se associa a dor do povo venezuelano e reafirma estar irmanado para marchar ao seu lado em defesa dos valores da Revolução Bolivariana.
Viva a Revolução Bolivariana!
Viva o Socialismo!
Hugo Chávez: Presente, sempre!”
Em razão disto, REQUEIRO, nos termos do Art. 187 do Regimento Interno, que esta Casa formalize votos de pesar pelo falecimento do presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez Frias.
Que os votos de pesar sejam encaminhados ao povo irmão da Venezuela através do excelentíssimo embaixador da República Bolivariana da Venezuela no Brasil, Maximilien Arvelaiz.
Palácio Cabanagem, 06 de março de 2013.
Edmilson Brito Rodrigues
Deputado Estadual – PSOL

Nenhum comentário: