segunda-feira, 11 de março de 2013

INCRA exonera Superintendente da SR-27



O superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Marabá, Edson Luiz Bonetti, foi exonerado numa resposta mais imediata do Incra aos problemas gerados pelo assentamento de Antônia Nery de Souza, mulher do fazendeiro José Rodrigues Moreira, acusado de matar o casal de ativistas José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo, em 24 de maio de 2011. As vítimas lideravam a resistência contra a invasão do projeto de assentamento agroextrativista Praialta-Piranheira, no município de Ipixuna do Pará.


Um comentário:

Anônimo disse...

Esse cara do Incra SR27 é da turma do Pt pra Valer, Luiz Carlos e Bernadete.