quarta-feira, 20 de março de 2013

Curso é avaliado por lideranças indígenas


 
O processo de construção do curso técnico em Agroecologia tem passado por vários processos,  visando garantir:
i)       o respeito às identidades indígenas nas suas relações tradicionais com a natureza;
ii)      o atendimento às necessidades de recuperação/melhoramento dos processos produtivas das aldeias e seus projetos de futuro, inclusive no que se refere à reprodução da vida do povo através das novas gerações; e,
iii)     o diálogo entre as necessidades das aldeias e as aspirações frente ao curso técnico sem perder de vista as especificidades dos povos indígenas, atendendo ao catálogo do curso em agroecologia, as competências do Ensino Médio.
 
Com nestes princípios e um conjunto de demandas é que os participantes do III Seminário dos Povos Indígenas, tem destacado as discussões de avaliação do curso.
 
 

Nenhum comentário: