sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Movimento Pró EFA continua

Uma equipe de lideranças  continuam trabalhando na construção/elaboração do Projeto de Educação do Campo e Extensão Rural por Alternância da Região Sudeste do Estado do Pará (PROEFA):

Segundo Damião Santos:
...

"Aguardamos um retorno da Direção da FATA/FETAGRI em relação a proposta da inclusão da Escola Família Agrícola (EFA) no Programa de Revitalização da FATA;
Aguardamos um retorno da Secretária Executiva da UNEFAB em relação a retomada da articulação nacional com a Pedagogia da Alternância;
Estamos em elaboração de um texto sobre o professor Jean Hébette (com a colaboração de Gutemberg Guerra);
Elaboração do PROEFA (parte escrita);
No mês de março/2013 faremos uma reunião para criar a Comissão de Articulação Pró EFA (caso seja necessário), e faremos lembrança/memória da data de 18 de março de 1996 (17 anos do início da EFA da Região de Marabá;
Socialização da proposta de retomada do funcionamento da Escola Família Agrícola da Região de Marabá (EFA).

As coisas ainda estão lentas por que o referido projeto não foi apresentado para a Secretaria Municipal de Educação de Marabá (SEMED) e Empresa de Assistência Tecnica e Extensão Rural do Estado do Pará (EMATER - PARÁ) para definir a institucionalização das parcerias. Esta apresentação será realizada quando uma primeira versão escrita do PROEFA (estiver concluída), bem como local de funcionamento da EFA (estiver definido).



O professor José Pedro de Azevedo Martins (doutorando em Educação Ambiental) se colocou a disposição para colaborar com a EFA. É mais um aliado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ribamar publica no seu blog essa postagem em relação aos professores de laboratório de informatica do município de Marabá

http://aurismarqueiroz.blogspot.com.br/2013/02/o-professor-lotado-no-laboratorio-de.html