sábado, 2 de fevereiro de 2013

Sobre a operação Kiss!

Aproveitando o embalo das discussões que foram promovidas pela prefeitura em torno da regulamentação das normas de funcionamento de casas noturnas, sugerimos que a operação avance mais no sentido de coibir a presença de menores nos bares da "mangueira" e do "cupu -"naite", além de outras que proliferam pela cidade e aglomeram a garotada nos finais de semana ultrapassando a madrugada.

A operação que será desencadeada sob o comando do Governo João, focará para agilizar a vistoria e licença ou não de funcionamento desses estabelecimentos. O Corpo de Bombeiros prevê que em 28 dias conclui o trabalho de vistoria de todas essas, mas para que não haja reclamação, esse prazo foi estendido para 60 dias. Enquanto isso, os estabelecimentos vão continuar funcionando, mas já obedecendo às normas mínimas de segurança.
 
Anotem ai a fala do futuro secretário de segurança institucional:
Segundo o delegado Alberto Teixeira, não será mais tolerado o funcionamento de estabelecimentos fora do que rege a legislação. “Não queremos que a tragédia, como a de Santa Maria, se repita. Por isso, vamos formar essa força tarefa, trabalhando de forma conjunta”.
 
Anotem também a fala do prefeito:
 
 “Com segurança, garanto que vai até aumentar o número de frequentadores desses locais”, argumentou, adiantando que também será organizado o funcionamento dos bares da orla.
O prefeito observa que as cadeiras, colocadas na rua, uma hora pode ocorrer uma tragédia, caso algum motorista perca o controle do veículo. “Ou retira as cadeiras da rua ou então a pista será fechada para tráfego durante o funcionamento dos bares. Do jeito que está, não pode ficar”.
 
Vamos aguardar!!!

Nenhum comentário: