segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Poemas do centenário I

ENCONTROS E DESENCONTROS.
Outro dia encontrei o Antônio, aquele o Maia e o Getúlio, o Vargas.
Ali na esquina da Casa Aurora, com a Casa Xandú...pertinho do "Municipal". Resolvemos comemorar:
Fomos rumo ao Alto do Bode, mas não tinha movimento...
Decidimos volta e visitar o Canela Fina, ali na Rua das Tripas, e tomar uma "Tatuzinho"...
Fomos nos esgueirando pois era um domingo e as famílias já passavam rumo à igrejinha de São Felix de Valois, e com certeza seríamos o comentário da missa, se fossemos vistos pros lados dos cabarés...
Vimos o Zeca com a Marlene, o Agripino e a Amélia, o Bené e a Gercilda, o Mundico e a Mariquinha, Emiliano e Juracy.
Perdemos a viagem...era Cinco de Abril.
Resolvemos então descer pelo Jadão, rumo à beira-do-rio, ali pela "Rua do Poço"... Passamos pelo Clube de Mães, pela mercearia do Juarez...
A Socorro tava varrendo a calçada, conversando com o véi Honório, pai do Nonato e o Deusdedith.
passamos de finin...
Lá no Marabazin, estava o Feizin Yassin, marido da Senna, da "Casa São Paulo", conversando com o irmão dele, da "Casa Americana"...
Descemos a escada e subimos rio acima, por baixo do cais, pra não sermos vistos, rumo à Véa Jovem.
De nada adiantou, quando subimos o barranco demos de cara com a dona Maria, mulher do Mestre Olívio...fizemos de conta que nem era com a gente...
Quando entramos na Véa Jovem demos de cara com o Dr. Alberto, marido da Canaam, o Roberto da Creuza Salame e o Osório pai do Cláudio Pinheiro, além da Solange, a "Paxiba" e a Chicona...
Bebemos e farreamos o dia inteiro e à noitinha, pra matar a fome rumamos pra casa do "Chico da Buchada", pra comer aquele Mocotó...
Decidimos marcar mais umas farras dessas, mas talvez tenhamos de ir a outros lugares, ...o Canela já se foi e a Véa Jovem nem se fala...isso sem falar nos barrancos do Marabazin que foram soterrados pela Orla...quem sabe o Pirucaba sirva ainda...

CELSO SANTANA.

2 comentários:

Ademir Braz disse...

Rico é phoda. Celso Santana só falou da burguesada. Também... nunca passou no Pela -Pato, nem no Priquito Doce, nem na Baixa da Égua. Imagine se conhece o Pau d'Urubu...

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Alto do Bode... feirinha... canela fina...