sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Kátia Abreu ministra de Dilma?

Aproveitando o fim de ano os ruralistas se articulam para emplacar sua principal representante no congresso, a senadora Kátia Abreu (PSD - TO), como ministra do governo Dilma em 2013.
Como noticiou a folha de São Paulo em 19/12/2012:

"Crítica do governo do ex-presidente Lula, a senadora tem buscado aproximação com Dilma e é cotada para representar o PSD na reforma do primeiro escalão, que deve levar em conta os resultados das eleições municipais deste ano."

Kátia Abreu comanda o bloco ruralista no Congresso e é presidente da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), principal associação ruralista do país. Em 2012 a senadora esteve entre os principais articuladores das alterações no novo Código Florestal, que anistia desmatadores e incentiva o desmatamento.
Kátia Abreu já foi alvo de ação civil do Ministério Público na justiça de Tocantins por descumprir o antigo Código Florestal, desrespeitar povos indígenas e violar a constituição. Seu filho, o deputado Irajá Abreu (PSD - TO), é dono da fazenda Aliança em Aliança dos Tocantins, que recebeu dois embargos por danos ambientais: um por desmatamento de reserva legal e outro por retirada de APP, totalizando 75 hectares de perda de mata nativa. (Fonte: site do MST)
--------------------
Também não é muito de se admirar, em Marabá o PT tem como aliados os Mutrans.

Nenhum comentário: