terça-feira, 18 de dezembro de 2012

PROMOTORA PEDE CASSAÇÃO DE João Salame

 Pra quem pensava que não teria dor de cabeça com relação a justiça, o deputado João Salame  (PPS), prefeito eleito de Marabá, terá que responder uma ação de investigação judicial eleitoral. Será mais uma daquelas novelas, CASSA!! Retorna!! Volta Liminar, Cassa Liminar....e vamos ver o que vai dar...

 A informação foi postada em primira mão pelo blog do H. Bogea

A promotora de Justiça Josélia de Barros pediu a cassação da diplomação do prefeito eleito João Salame, que obteve 57% dos votos dos marabaenses. Mais tarde, mais informações.
——————–
Atualização às 10:31
Denúncia da promotora contra João Salame é uma ação de investigação judicial eleitoral.
No despacho de Josélia de Barros encaminhado à juíza Danielle Silveira, o MP aponta suposta “captação ilícita de votos, arrecadação ilícita de doação eleitoral e abuso de poder econômico”.
Diz o MP que a campanha de Salame teria sido  beneficiada por ações da Igreja Assembleia de Deus, que teria distribuído um  informativo pedindo votos para o candidato, além de noticiar obras do nova igreja evangélica em construção na Nova Marabá. (LEIA MAIS AQUI)http://www.hiroshibogea.com.br/?p=18973


MP DENUNCIA PREFEITO ELEITO - AQUI

Nenhum comentário: