sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Duas perdas!

foto
.
Nessas duas últimas semanas lamentamos a morte de dois intelectuais marxistas, referências para a esquerda brasileira. O primeiro deles foi Carlos Nelson Coutinho, professor emérito da UFRJ que faleceu no dia 20 de setembro. Ele foi um grande estudioso da obra de Antonio Gramsci e responsável pela divulgação do pensamento do húngaro Gyorgy Lukács no Brasil. Carlito, como era chamado pelos amigos, descobriu um câncer em fevereiro deste ano. Em um texto de homenagem a Carlos Nelson, alunos da Escola de Serviço Social da UFRJ lembraram como ele foi extremamente íntegro e coerente com a luta. "Com imensa generosidade, somente igualável a sua erudição, Carlito contribuiu para forjar novas gerações de lutadores e lutadoras comprometidos com a transformação social da realidade, solidamente formados naquilo que de melhor a tradição marxista produziu", diz a nota.
.
Já o dia 1º de outubro amanheceu triste com a notícia do falecimento do historiador Eric Hobsbawm, autor de algumas das obras mais indicadas para quem quer saber sobre a história do mundo nos séculos 19 e 20. São elas: A Era das Revoluções (1789-1848), A Era do Capital (1848-1875), A Era dos Impérios (1875-1914) e A Era dos Extremos (1914-1991). Em seu último livro Como mudar o mundo: Marx e o Marxismo, o autor mostrou como sua sabedoria intelectual se aliou à militância política até os últimos anos de sua vida. Os artigos ali reunidos mostram a atualidade do pensamento marxista e a importância de se retornar a Marx para não apenas entender o mundo de hoje, mas poder transformá-lo.
.

Neste boletim, indicamos algumas obras dos dois autores que estão disponíveis  na Livraria Antonio Gramsci.  encomendas pelo e-mail
livraria@piratininga.org.br.

Nenhum comentário: