sábado, 18 de agosto de 2012

Jacundá e o imbróglio político

Na sessão de ontem (14, o TSE indeferiu o recurso de Dino Altoé (PT) e deferiu o registro da candidatura de Ronaldo Campos (PMDB), eleito prefeito de Jacundá-PA em 2008. Não mais cabendo recurso, assim que publicado o acórdão, Dino Altoé, que é candidato à “reeleição”, deixará a prefeitura e Ronaldo Campos poderá assumi-la a apenas 4 meses do final do mandato para o qual foi eleito.

Imbróglio político 

Ronaldo Martins Campos é filho do candidato do PMDB Zé Martins, portanto pelo parentesco o pai poderia continuar candidato, ou filho não assumir a prefeitura?

Dino Altoé perdendo o mandato, poderia continuar candidato?

Nenhum comentário: