terça-feira, 31 de julho de 2012

Mercadante diz que prepara plano

Nesta segunda-feira (30) a direção nacional da FASUBRA e o Comando Nacional de Greve estiveram reunidos com o Ministro da Educação, Aluízio Mercadante. A reunião aconteceu na sede MEC em Brasília. A federação foi representada por Janine Teixeira, Paulo Henrique Rodrigues, Gibran Ramos, Rosângela Gomes e João Paulo Ribeiro. Além do ministro, participaram da reunião o secretário de Educação Superior Amaro Lins  e o chefe de gabinete do MEC Paulo Paim.

A direção da FASUBRA iniciou informando que naquele momento, o Ministério do Planejamento havia desmarcado a reunião da mesa geral dos trabalhadores do Serviço Público Federal. “Foram canceladas todas as reuniões pré-agendadas para este período. O prazo que o governo acordou era 31 de julho, para apresentarem a proposta salarial ao conjunto dos trabalhadores do serviço publico federal”, comunicou a Federação.

Os representantes da categoria disseram, ainda, que a data proposta de reunião com o MPOG  para o período de 13 a 17 de agosto não deixa margem nenhuma de negociação. “Isto só frustra as expectativas e prova o que imaginávamos: o objetivo é não ter negociação e sim imposição de uma proposta que venha surgir”, ponderou a FASUBRA.

O ministro, que afirmou não saber da reunião com o MPOG,  informou aos representantes da Federação que após fechar a proposta com  docentes vai trabalhar internamente no governo, uma proposta para os Técnico-Administrativos e depois para os trabalhadores do MEC. “A última proposta apresentada aos docentes é a proposta final do governo. Esperamos resolver logo essa questão para resolvermos a situação dos técnicos da base da  FASUBRA. Estamos trabalhando com a ideia de um índice linear para os trabalhadores do PCCTAE, a inflação, tendo como base os dois períodos sem reajuste”, concluiu Mercadante.

Por João Camilo
Jornalista

Nenhum comentário: