quinta-feira, 17 de maio de 2012

Greenpeace: bloqueio a návio continua!

NA segunda-feira, Elissama deu uma demonstração do que é ser ativista. Uma menina baiana, franzina, pareceu ainda menor ao lado de uma navio de 175 metros. Elissama se pendurou na corrente da âncora do navio Clipper Hope e impediu que ele se movimentasse para receber um carregamento de 31 mil toneladas de ferro gusa no Porto de Itaqui, em São Luís, no Maranhão.
Elissama foi o símbolo de uma denúncia para expor três crimes graves relacionados à produção de ferro gusa no Brasil: trabalho escravo, desmatamento e invasão de terras indígenas. O carvão vindo da Amazônia serve para alimentar as siderúrgicas que produzem ferro gusa.

Nenhum comentário: