sábado, 19 de maio de 2012

Família Mutran perde Vavá!

O ex-deputado estadual cassado e ex-prefeito de São João do Araguaia, Oswaldo dos Reis Mutran, o Vavá Mutran, foi sepultado hoje (19), no Cemitério da Saudade, em Marabá.
A trajetória política de Vavá Mutran foi marcada por polêmicas devido ao seu temperamento forte. Quando atuava como deputado estadual, na década de 90, ele foi cassado por envolvimento na morte de um fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado, em 1993. Por este crime, ele foi condenado a dez anos de reclusão, todavia, cumpriu parte da pena e foi liberado para cumprir a pena em liberdade por meio de recurso.
No ano passado Vavá deveria ser novamente julgado em um processo onde era acusado de ter atirado e matado um adolescente em 2002. Ele foi absolvido no primeiro julgamento mas o MP recorreu. Em virtude de sua idade e estado de saúde, o julgamento foi adiado por duas vezes. (Fonte: Ze Dudu)

A NOTÍCIA CORREU PELA BLOGOSFERA

VEJA:

No blog do Zé Carlos

Faleceu ontem em Belém o deputado cassado Osvaldo dos Reis Mutran, mas com ele, infelizmente, não morreu a violência, o autoritarismo, a impunidade, o uso da máquina e do poder em favor de alguns da elite econômica e política do Pará.
Quero lhe pedir que leia este post até o final. Nele registro a história de assassinatos e corrupção do poder político no Pará que continua vivo e fazendo inúmeras vítimas.
Eu era deputado estadual, estava no meu primeiro mandato parlamentar pelo PT. Vavá Mutran também era deputado da bancada do PDS, eleito por Marabá. Na ocasião, o domínio político que Vavá Mutran exercia na região do sudeste do Estado era enorme. Seu filho era o prefeito de Marabá. Vavá tinha garantido pelo Governador Jader Barbalho o controle total de todos os órgão públicos estaduais, incluindo polícia militar e civil. Os Mutrans foram responsáveis pela vitória de Jader Barbalho ao governo nas eleições em que ele derrotou Xerfan e Hélio Gueiros . CONTINUA AQUI


No Liberal

Aqui






Nenhum comentário: