sexta-feira, 4 de maio de 2012

Argentina expropria empresa espanhola


A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, sancionou nesta sexta-feira a lei que expropria as ações da espanhola Repsol na petroleira YPF. A medida, que foi anunciada no dia 16, foi aprovada pelo Senado no último dia 25 e pela Câmara nesta quinta (3).
Em pronunciamento em cadeia de rádio e televisão, Cristina agradeceu novamente o apoio da oposição para a aprovação da medida, que tem a intenção de "recuperar um instrumento básico, além dos matizes e lógicas dos partidos".
"Pela primeira vez temos uma lei votada com ampla maioria como não acontecia desde 2003", afirmou.
No ato de assinatura, feito na Casa Rosada, compareceram ministros, governadores das províncias petroleiras e parlamentares nacionais, além de artistas alinhados com o governo.
CÂMARA
Na noite de quinta, a Câmara de Deputados da Argentina aprovou a lei que autoriza a expropriação de ações da petroleira argentina YPF pertencentes à empresa espanhola Repsol.
Após oito horas de debate nesta quinta e mais um dia inteiro na quarta, 207 deputados aprovaram a medida, 32 votaram contra, 6 se abstiveram e 12 não compareceram à sessão.
Além dos partidários da Frente para a Vitória, de Cristina Kirchner, o projeto recebeu apoio de deputados opositores, de partidos como Coalizão Cívica e União Cívica Radical, além do setor do Peronismo Federal.(fonte UOL)

Nenhum comentário: