domingo, 15 de abril de 2012

Vem greve de novo por aí!

EM NOITE AGITADA, XXI CONFASUBRA APROVA DEFLAGRAÇÃO DE ESTADO DE
GREVE, CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO E MANTÉM DESFILIAÇÃO À CUT



Em votações que entraram pela madrugada deste domingo (15), os
delegados do XXI Confasubra aprovaram a deflagração de Estado de
Greve,  calendário de mobilizações, a remessa dos destaques feitos à
minuta do Plano de Lutas para as bases, propostas de alteração à
organização do Comando Nacional de Greve e a manutenção da desfiliação
da Fasubra à CUT.

As deliberações tiveram início ainda no final da noite de sábado,
quando seriam retomados os trabalhos da Comissão de Sistematização do
Plano de Lutas. No entanto, para agilizar as atividades e não
comprometer a programação do evento, os delegados deliberaram por
enviar todos os destaques apresentados pelo plenário para serem
debatidos primeiramente em assembléias a serem realizadas pelas
entidades filiadas à Fasubra, para posterior apreciação em Plenária
Nacional Estatutária.

A representação da categoria no congresso também aprovou um calendário
de lutas, que contempla a imediata entrada em Estado de Greve. Também
constam do calendário:

25/04 - Participação dos TAEs no Dia Nacional de Luta com paralisação.

09 e 10/05 - Paralisação Nacional com os Eixos: Reajuste emergencial
(com negociação das pautas protocoladas no MEC e MPOG), elevação do
Piso  Salarial, aumento do auxílio alimentação, racionalização,
aposentados e Anexo IV.

17/05 - Envio de Caravanas à Brasília

30/05 - Data limite para encerramento das negociações com o Governo Federal.

Com votação em contraste e contagem de votos, o plenário decidiu ainda
pela manutenção da filiação da Fasubra à Internacional do Serviço
Público, por rejeitar a proposta de que as votações no Comando
Nacional de Greve passsassem a ser nominais e o impedimento de que
diretores de entidades que estejam fora de greve negociem com o
governo no período paredista.

Finalizando as atividades, por volta da 01h30 da madrugada de domingo
foi rechaçado o retorno da filiação da Fasubra à Central Única dos
Trabalhadores. Do total de delegados presentes em plenário, 534
aprovaram a manutenção da desfiliação, enquanto outros 489 queriam a
refiliação.

Encerradas as atividades, foi dado início imediato à formação das
chapas que irão disputar os cargos da Direção da Fasubra Sindical, que
irá administrar os interesses dos técnico-administrativos em educação
pelo próximo biênio.
_______________________________________

Texto: Carla Jurumenha - ASCOM FASUBRA

Nenhum comentário: