terça-feira, 20 de março de 2012

VII Congresso Latinoamericano de Sistemas Agroflorestais para a Produção Pecuária Sustentável


Profa Dra. Rosana Maneschy
UFPA/ Campus de Marabá


O VII Congresso Latinoamericano de Sistemas Agroflorestais para a Produção Pecuária Sustentável (LatinSAPPS) será realizado em Belém, de 8 a 10 de Novembro de 2012 no Centro de Convenções Benedito Nunes. O evento será realizado pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), Centro para la Investigación en Sistemas Sostenibles de Producción Agropecuaria (CIPAV/Colômbia), Centro Agronómico Tropical de Investigación y Enseñanza (CATIE/Costa Rica), Centro Brasileiro de Pecuária Sustentável (CBPS), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Centre de coopération internationale en recherche agronomique pour le développement (CIRAD/França), e com apoio do Governo do Estado do Pará e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), entre outras instituições.
O Congresso LatinSAPPSfoi idealizado pelo CIPAV e CATIE, sendo realizado pela primeira vez na Colômbia (1999) e depois na Costa Rica (2001), México (2004), Cuba (2006), Venezuela (2008) e Panamá (2010). Neste último foi decidida a vinda para o Brasil através da proposta da UFSJ e CBPS. A UFPA então, com o apoio da Pró-Reitoria de Relações Internacionais (PROINTER), iniciou a negociação de um convênio com o CIPAV e fez a proposta para trazer o evento para Belém.
O evento trará a discussão sobre o tema “Sistemas silvipastoris: o caminho para a economia verde na produção animal”, que é linha de pesquisa de projetos realizados de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que tem apoio financeiro do CNPq e FAPESPA e são conduzidos por docentes da UFPA dos Campi de Marabá, Altamira (envolvidos no curso de Agronomia) e de docentes de Belém do Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural.
Trazer o congresso para ser realizado no Brasil em 2012 foi estratégico, pois será realizada em junho a conferência RIO+20, e o país tem metas afinadas com a temática no Plano Plurianual 2012-2015 do Governo Federal que indica a produção sustentável a partir da integração das atividades de lavoura-pecuária-floresta. Essa necessidade em promover uma revolução na produção pecuária já vem sendo apontada pela FAO (Agencia das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação Mundial) como alternativa para satisfazer as necessidades alimentares da população em crescimento, mas reduzindo o impacto ambiental promovido pelo setor, bem como promover a conservação dos recursos naturais remanescentes.
O Congresso oportunizará o debate de iniciativas que poderão servir como base para o desenvolvimento dessas estratégias que atendam às aspirações da sociedade. Especialistas com notório conhecimento sobre os temas estarão reunidos, sendo certamente esta, uma oportunidade ímpar para reflexões, troca de idéias e transferência de conhecimentos, buscando melhorar a estruturação do desenvolvimento e a promoção dos sistemas agroflorestais (SAFs) na Produção Pecuária Sustentável na América Latina.
No estado do Pará já foram identificados SAFs pecuários praticados por produtores e a pesquisa na região tem avançado no estudo de espécies arbóreas nativas, arranjos de componentes, produtividade, conforto animal, economia, entre outros temas, que a EMBRAPA, UFPA e UFRA, entre outras instituições, têm realizado a fim de dar suporte científico para assistência técnica na região e formuladores de políticas públicas.
Os principais temas abordados no congresso são: SAFs pecuários para a agricultura familiar; Relação solo-planta-animal em SAFs pecuários; Redesenho da paisagem rural para a produção pecuária sustentável; Serviços ambientais gerados em SAFs pecuários; e Economia verde para a produção pecuária.
O público alvo são profissionais de órgãos públicos oficiais de pesquisa, ensino, extensão, organizações-não-­governamentais, empresas de agricultura e produção pecuária, produtores, agricultores familiares e estudantes.
Maiores informações em: http://www.viicongressolatinoamericanosapps.com/

Nenhum comentário: