quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Transformaram a Cracolândia em células




Quem não vive na capital paulista e vê as notícias sobre a revoada de almas esquecidas que ainda resistem nos bairros de Campos Elíseos e Luz, onde a Caixa de Pandora da Cracolândia paulistana vem sendo aberta após décadas de descaso, talvez não entenda por que os governos do Estado e da cidade de São Paulo adotaram medida tão impressionantemente desastrada.

A ação que espalhou pela maior cidade sul-americana uma legião de verdadeiros mortos-vivos vai formando mini guetos na porta de cada um dos que acharam que poderiam deixar aquele desastre social crescer sem jamais serem afetados.

A diáspora de viciados que as forças policiais sob comando do governador e do prefeito de São Paulo provocaram gerou o que a imprensa vem chamando de “procissão do crack”. Como a operação se limitou a espantar aquelas pessoas da Cracolândia, a PM está tendo que escoltar pelas ruas da cidade grupos de até cem pessoas cada.

Continue lendo em:http://www.blogcidadania.com.br/2012/01/a-acao-que-espalhou-pela-maior-cidade-sul-americana-uma-legiao-de-verdadeiros-mortos-vivos-vai-formando-mini-guetos-na-porta-de-cada-um-dos-que-acharam-que-poderiam-deixar-aquele-desastre-social-cres/

Nenhum comentário: