sábado, 28 de janeiro de 2012

Esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO


Em virtude do meu nome ter sido mencionado em uma nota da coluna Politica & Desenvolvimento do Jornal Correio do Tocantins (Edição de 28/01/2012),  onde diz que há boatos de que a turma do "PT pra Valer" tem sugerido por ai, que quem chamou a policia federal para investigar a falsa denuncia de "cárcere privado" teria sido eu. Venho através deste repudiar tal acusação sob pena de que irei as últimas consequencias para pedir a averiguação do caso.

Como o autor da própria nota diz, quem me conhece sabe da minha postura diante de tais fatos, e do meu posicionamento com relação ao acontecimento. Como militante e professor apoiei a manifestação que foi pacífica e tinha uma pauta justa diante das grandes dificuldades que se encontra aquela instituição. O certo é que ao imputarem a minha pessoa sendo como o responsável pela ousada presença policial, estão me acusando infundadamente na tentativa de desqualificar a nossa luta em defesa de uma Educação do Campo compromissada com os povos do campo.

Continuaremos na luta, combatendo qualquer tipo de injustiça e de opressão, seja policial ou de gestores que não atendem as reivindicações e não dialogam de fato com a comunidade.

Ribamar Ribeiro Junior
Professor do IFPA

Um comentário:

Maria Odete disse...

Prezado Ribamar
Sabemos da sua luta e estamos ao seu lado. É só não perdera ternura!