quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Não foi apenas eu!

Mais de 4 mil pessoas em Marabá disseram NÃO! Isso significa 7% dos votos válidos do Plebiscito foram contra a criação de novos estados. Considerando que fui vitima de uma tentativa de linchamento social por parte de um pequeno grupo, estes quase cinco mil votos se apresentam dentro de um quadro de eleitores que fazem a resistência contra os impactos dos grandes projetos sobre os povos dessa região. Afinal, não tenho duvida de que essa proposta se enquadra dentro da mesma  que cria uma série de pilares estruturantes que modificam o território para possibilitar a facilitação do escoamento produtivo do grande capital. Facilitar as isenções fiscais, a corrupção e todo tipo de desmando com os novos "caciques" locais. Principalmente porque eles não se diferem de forma algum dos "caciques-mor" que se perpetuam no poder, inclusive com apoio dessa gente que aqui deram uma de divisionistas.

Está na hora de repensarmos um novo pacto federativo, mudanças essenciais na gestão administrativa, novas formas de desenvolvimento sem privilegiar as camadas dominantes. Temos que envolver o povo neste debate, o povo não pode vir a reboque como veio no plebiscito. Participação popular nas tomadas de decisões, garantindo assim uma nova forma de atender as reivindicações do povo a partir das demandas já existentes.

Nenhum comentário: