terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Causa perdida!


Divisão do Pará é "causa" perdida, diz Duda Mendonça, que já disse adeus à campanha do SIM

De Francisco Sidou, jornalista:

Em recente reunião no hotel 5 estrelas onde Duda se hospeda quando vem a Belém, ele teria desancado os patronos da causa do SIM, dizendo-lhes que nunca viu tanta burrice daqueles que operaram a divisão no mapa do Pará, deixando 17% do território com o dobro da população e de eleitores dos hipotéticos estados de Tapajós e Carajás. A sede de poder foi tanta que os ávidos "mapistas" separatistas acabaram sendo vítimas da própria "armação", pois estavam certos de que só os "interessados" residentes em Tapajós e Carajás iriam votar no plebiscito. Foi nessa reunião que Duda teria dito a seus patronos que nunca teve vocação para perder e que essa "causa" estaria perdida, atribuindo a culpa aos "estrategistas" que bolaram o mapa da divisão, "os quais, pelo visto, nem conta sabiam fazer".(Hupomnemata)



========================


Um Novo Pará é necessário! - dia 12/12 campanha de lançamento por um Novo Pará!

2 comentários:

Anônimo disse...

Para construir uma nova Marabá, um novo Pará e um novo Brasil, é muito fácil: é só não votarmos mais em quem temos elegido até agora e nada feito por nós. Votemos noutros nomes. Qualquer nome, menos os que atualmente detém mandatos.

Anônimo disse...

O sonho de alguns vigaristas que não têm compromisso com o povo, mas somente com seus próprios umbigos está para ter fim. Um dia Carajás poderá vir a ser uma realidade, quando não contar mais com políticos dessa natureza dos que diziam estar representando nossos anseios nessa divisão. Com eles fora de cena e com a entrada de pessoas sérias na política regional, será possível sonhar novamente com Carajás. Não esquecendo de arrolar o verdadeiro povo no processo. Esses pelegos que puxam passeatas fracassadas não são povo, são escória. Vejam que na lista dos 300 exonerados, que dizem estavam recebendo sem nem ir na prefeitura, figura muitos que defendem ardorosamente o SIM e que até fizeram coro nessas passeatas do sim. O povo sabe quem são eles, o que fazem, do que vivem e vai dar a resposta que merecem.