terça-feira, 19 de julho de 2011

O Estado é laico, mas Prefeitura de Marabá não!!

O que é o Estado laico?

 Um Estado secular ou estado laico é uma nação ou país que é oficialmente neutro em relação às questões religiosas, não apoiando nem se opondo a nenhuma religião. Um estado secular trata todos seus cidadãos igualmentes independentes de sua escolha religiosa e não deve dar preferência a indivíduos de certa religião. O contrário de um estado secular, ou seja, um estado onde há uma única religião oficial, é denominado estado teocrático.
Em Marabá a prefeitura tem realizado culto professando o cristianismo, que nesse caso configura-se como religião, e não as denominações (igrejas) todas juntas como bem quer o prefeito no seu gabinete para cultuar.
Não convidados os membros das comunidades afros, budistas, maómeistas e outros

Prefeitura realiza culto todas as segundas feiras
Leia aqui

Um comentário:

Anônimo disse...

Esses sujeitos pra pegar o voto do povo fazem qualquer coisa. Um abre cultos as segundas, não com a intenção de adorar ao Criador, mas de ser adorado pelos afilhados e agregados e passar a imagem de homem "bom" pra comunidade. Quer passar essa imagem enquanto ao mesmo tempo propaga nalguns meios de comunicação as inúmeras "obras" que fez... Não se sabe onde foram feitas. Sem contar que tem um monte de acusação contra sua administração, incluindo até secretários, onde um, da saúde, não faz muito tempo, foi preso pela PF.

O outro sujeito, que não fica atrás, juntamente com seus asseclas, tenta aumentar seus dividendos eleitorais oferecendo empregos - não se sabe onde ele vai alocar tanta gente que o procura e quem vai pagar os salários - para pessoas desesperadas, que acabam deixando em suas mãos o RG, CPF, Título de Eleitor, Certidões diversase e até o currículo que pode estar sendo assinado. Olha o perigo que essas pessoas correm!

É assim que eles fazem política.

Mas você falou algo interessante: o prefeito deveria convidar a todas as religiões para participar desse evento, já que tem cara de ser algo público.

__________
Adir Castro