terça-feira, 26 de julho de 2011

Mais uma do Edir!

Edir Macedo propõe abstinência de lixo da TV, mas a Record exibe 'A Fazenda'

O bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, propôs aos fiéis em seu blog a realização de uma abstinência de lixo audiovisual nos primeiros 21 dias de agosto. “Será um jejum de toda e qualquer informação secular: TV, internet, jornais, revistas, radio, enfim, de tudo o que não for de Deus.”
Nestes dias, a quarta temporada do programa “A Fazenda”, da TV Record, emissora do bispo, deverá estar a todo vapor. Na busca de audiência a qualquer preço, esse reality show tem se equiparado em baixo nível com o Big Brother Brasil, da TV Globo.
No ano passado, "A Fazenda" ficou em segundo lugar no Ranking da Baixaria na TV, de acordo com levantamento da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Só perdeu para o “Pânico na TV”, da Rede TV!  A classificação foi feita com base em denúncias de telespectadores.
"A Fazenda" deste ano começou na terça-feira (19) e terá duração de 85 dias. Por enquanto, os participantes estão se conhecendo melhor.  O Compadre Washington, líder do grupo de pagode "É o Tchan", por exemplo, já avisou Monique e Dinei que ele é feio, mas de uma coisa tem certeza: “Eu faço gostoso, a pegada aqui é boa”.
Se o Compadre e outros participantes cumprirem o que falam, o reality show terá boa audiência, recompensando o pesado investimento da emissora.
Uma das fontes de receita da Record, que possibilita investimento como esse, é a Igreja Universal, que compra o horário da madrugada da emissora a peso de ouro. O que vale dizer que os dizimistas que aderirem à abstinência do lixo televisivo estarão financiando as “pegadas” do Compadre Washington.
Em seu blog, Edir Macedo disse que não adianta ser religioso, obreiro, pastor e bispo se o fiel não estiver disposto a vencer “os espíritos das trevas” com iniciativas como a do jejum de lixo secular.
Mas o próprio bispo, pelo que fica subentendido, poderá não se submeter a tal jejum porque, como destacou, ficará dispensado quem trabalha ou depende de informação.

Espera-se, agora, que um dia o bispo Macedo promova jejum de hipocrisia.
Com informação do blog do Edir Macedo
Fonte: Alex Acioli -Macapá

Um comentário:

Anônimo disse...

Nessas TVs abertas, que é onde a maioria da população assiste, não tem nenhum programa instrutivo, tudo é feito para bitolar o indivíduo. A programação deles serve apenas para abduzir em nome de quem está no controle e manda. Por isso estamos nesse mar de M... e a cada dia crescendo.

____________
Adir Castro