sexta-feira, 15 de julho de 2011

Internet é um direito de todos (ii)

Venda Casada – Embora o ministro das Comunicações, Paulo Ber­nardo, tenha afirmado que o pacote de R$ 35,00 não estaria condicionado à venda casada, o termo de compromisso permite essa prática na banda larga fixa, com teto de R$ 65,00 para o combo (Te­­lefone fixo, internet e TV a ca­bo). Já o pacote de R$35,00 sem ven­da casada, só é obrigatório na banda larga móvel.
O Plano Nacional de Banda Larga não pode ser apenas retórico. Defendemos a reativação de espaços de diálogo com a sociedade (co­mo o Fórum Brasil Conectado, formado por representantes de todos os setores da sociedade com o intuito de analisar e ajudar nas decisões do governo sobre o serviço).
É fundamental que a sociedade civil fique atenta e se mobilize para cobrar do Ministério das Comunicações a democratização do serviço e a participação nas decisões sobre os rumos da banda larga no país. Internet é um direito de todos.
______________________________________________________________________________________________
Fale Rio - Frente Ampla pela Liberdade de Expressão e Direito à Comunicação do Estado
do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: