sexta-feira, 22 de julho de 2011

77 neles!!!!

9 comentários:

Anônimo disse...

Se o problema é de tamanho de território, por que o Tapajós vai fica desse tamanho? Deveria ser dividido também em dois. Vai-se entender a cabeça dos separatistas!!! No Estado de Carajás também cabe outra divisão. Tá muito grande, considerando os políticos que aqui temos nessa região. Seria melhor dividir o Pará nuns cinco novos estados. Aí ficaria mais administrável.

Anônimo disse...

Bom mesmo foi ver Wilsão dizer que o pessoal lá debaixo não sabe nada do que se passa no Pará. Na ótica dele são todos desinformados. Mas a hilaridade não para por aí, ignorantes. Eita!!!. Em seguida Vanda disse que as "zelites" paraenses oprimem ao povo daqui. E as "zelites" de Marabá, a qual ela faz parte e que oprime seu povo, onde fica nessa história? Depois ela disse que continuará paraense depois da divisão. Não é um erro não dizer isso, já que todos passarão a ser carajaenses? Ou só vai ser carajaense quem nascer depois da divisão? E os migrantes que atualmente moram e votam aqui, continuarão migrantes ou serão adotados pelo novo Estado e serão também carajaenses? Ou continuarão sendo "personas no gratas"? Pessoal bota pra confudir mesmo. Disseram ainda que dividindo vai ser muito bom pra nós. Mas será bom exatamente em quê? Até agora não ouvi uma proposta que fale sobre os projetos e de como fazê-los e quando fazê-los, quanto custará, onde serão feitos, etc. Só ouço que será bom. Será que teremos saúde pública de verdade? Educação com qualidade? Segurança e oportunidades de trabalho para todos? Divisão de rendas de verdade, acabando com essa desigualdade que mais parece a distância entre terra e lua? Até agora nada disso foi dito. Até lá continuarei na indecisão do voto. E não me chamem de burro, como chamaram o pessoal lá debaixo!

Anônimo disse...

Desculpa amigo mas fiquei meio avulso...voce é contra a redivisao geopolitica do Para?

Se for ...poderia me informar seus motivos

Se nao for desculpa!

Anônimo disse...

E a capital, será mesmo Marabá que não tem estrutura nenhuma ou estão dizendo que será aqui para captanear os votos dos marabaenses? Acredito que será construído a nova capital, como no Tocantins, e que essa convesa de que Marabá seria a capital administrativa é pura enganação. Manter duas capitais custa caro e burocrático. Acredito que a capital será pra outras bandas. E com esse pessoal por trás dessa construção, imaginemos quanto custará essa capital. Já imaginou as licitações superfaturadas?!?! Se aqui com pequenas obras eles ficam podres de ricos, imagina com obras maiores e muito mais caras!

Anônimo disse...

eles não querem criar um estado, e sim um feudo.

Anônimo disse...

o dinheiro que vai ser usado nessa gastança que vai acontecer nessas campanhas e plebiscito talvez desse pra suprir algumas carências da saúde pública. E quem vai pagar essa conta onde tem dois publicitários pesos pesados e uma estrutura que ninguém tá sabendo como é mas que levará muito dinheiro? porque essa conversa de que duda não tá cobrando eu não engulo. O que na verdade ele tá levando ou vai levar?

www.ribamarribeirojunior.blogspot.com disse...

Prezado anônimo 20:56

Que desculpas???

Eu tenho muitos motivos para dizer NÃO!!!

E isso tenho postado em outros momentos por aqui.

A quem interessa divisão territorial?

Carajás para quem?

Vamos ao debate, pois tenho várias postagem onde aprsento os argumentos contra esse equivoco.

Anônimo disse...

na verdade a grande maioria é contra a separação. só tem medo de se expressar publicamente por causa da reação dos radicais do sim. nonato dourado fez uma pesquisa em seu programa de rádio e lá deu muita gente contra. os demais tem receio de se manifestar. a verdade mesmo é que existe uma minoria querendo impor sua vontade. é como disse um ouvinte que participou da pesquisa do nonato dourado. ele disse que a emancipação vai melhorar somente a vida dessas pessoas que até hoje dominam a política, disse que a população vai continuar sem nada, sem saúde pública, sem segurança, sem boas escolas para eles e seus filhos, sem estradas e vicinais, sem esgoto, sem água potável, sem respeito por parte desses políticos que agora se apresentam como defensores da honra alheia. na verdade querem mesmo é criar um feudo particular. nunca pensaram no povo, se pensassem não maltratavam tanto ao povo.

Anônimo disse...

esse pessoal do sim é doido demais. fui dizer que votava no não e eles quase me expulsam de marabá. me disseram que eu deveria ir embora daqui já que não gosto daqui. tem cabimento uma colocação dessas? são extremistas. qualquer um que vote no não é digno de execração. estão doidos pelo poder, só isso. esses mesmos defensores da divisão são os que cospem de lado para os migrantes. se sentem donos da cidade e acreditam até que marabá não é Brasil e que todos que não são iguais a eles são estrangeiros. agora querem o apoios dos migrantes pra votar no sim. se ganharem a emancipação não vai levar muito tempo pra eles culparem os migrantes pelas coisas ruins que existe e acontece na cidade.