quarta-feira, 15 de junho de 2011

Audiência Pública - O papel da mulher brasileira na reforma política


A participação da mulher no mercado de trabalho e nas esferas de poder tem aumentado significativamente nos últimos anos. A mulher brasileira, cada vez mais, assume a condição de chefe de família. O nível de escolaridade aumenta sensivelmente, bem como a exigência por uma sociedade menos machista e menos preconceituosa.
Entretanto nem tudo são flores. A mulher ainda é vítima da violência doméstica, seus salários ainda são menores que os dos homens e a participação na vida pública ainda é muito tímida. Apesar de constituir 53% da população nacional sua representação política está longe do ideal. Dos 513 deputados federais apenas 44 (9%) são mulheres. No Senado a situação é um pouco melhor, mas dos 81 integrantes apenas 12 são mulheres. O fato de termos uma mulher na presidência da República não altera significativamente esse quadro.
O fim do preconceito contra a mulher só virá com uma nova consciência social e esta só virá com uma profunda ruptura com os padrões atuais. Visando aprofundar essa discussão a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal está organizando vários debates em nível nacional. E Belém será um das cidades contempladas com esse debate. Participe!
DIA 20 DE JUNHO DE 2011
NA SEDE DA OAB/PARÁ

Nenhum comentário: