segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Téte a téte!

Para completar a forte bancada de oposição ao governo Mutran há vinte anos atrás só falta Lêda Bezerra. Amanhã (1/3) toma posse o ex-vereador Raimundo José de Souza - Chefinho, para uns motivo de muitas piadas, para outros além do folclórismo ele é conhecido por meter a mão na massa.

No início da década de 90, Chefinho e as três mulheres coragem: Vanda, Lêda e Julia Rosa, travavam uma guerra na tribuna da CMM contra o desgoverno da família mutran. Depois deste período ainda conseguiu mais dois mandatos. Agora assume na condição de suplente e terá na sua frente presidindo a casa, nada menos do que o seu ex-algoz. Como os tempos mudaram pelo lado de cá e de lá. Na posse será cumprimentos e abraços diplomáticos.

Ao povo da Liberdade, continuarão na mesma: sem saneamento, ruas escuras e esbburacadas, violência sem limite e outras deixas que o poder público se omite.

Um comentário:

Anônimo disse...

É Ribamar, realmente a ética na política institucional está passando longe da ética política dos nossos sonhos. Marabá parece que está retrocedendo nesse processo. Nada me espanta se esse Mutran voltar a ser o Prefeito de Marabá...
Raimundo Moura/Parauapebas